Quero neste espaço te mostrar, simplismente, a energia que sai do meu coração.

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Projeto


técnica: lapis de cera escolar
tamanho: 20x25cm
se transformará acrílica, 80x80cm
projeto feito em lapis de cor, mede 19 de diametro

Gotas de Luz


mandala feita com colagem de paetês.
Enquanto produzia, percebi meu nível de concentração aumentando, exigiu muita paciência e persistência. Trabalhar com paetê e cola ao mesmo tempo é duro. Mas o resultado ficou muito legal. Esta mede 20 de diâmetro, porém estou pensando em fazer um painel de 1 metro de dmtr. só com paetês. 
Haja paciência!!!!!

Técnica: colagem sobre papel 
tempo de produção: 2:30 horas

domingo, 22 de agosto de 2010

Graça-Flor


Mandala feita em homengem a minha senhora progenitora.
técnica: cryon - conté sobre canson 

tamanho: 29,7 X 29,7cm




sexta-feira, 13 de agosto de 2010

Por traz dos Panos

(clique para ampliar)

Projeto de uma nova mandala

lapis de cor: 15 x 15



Cidade de Mim



Acrílica sobre tela (70 x 70 cm)

Elementos simbólicos nesta mandala: NOITE / DIA / CIDADE / SOL / LUA

NOITE: Simboliza o tempo das gestações, das germinações, das conspirações que vão desabrochar em pleno dia como manifestação de vida. ela é rica em todas as virtualidades da existência///// É a imagem do inconsciente e, no sono da noite, o inconsciente se libera.////// Como todo símbolo a noite apresenta um duplo aspecto: o das trevas onde fermenta o vir a ser; e o da preparação do dia: de onde brotará a luz da vida. 

DIA: A primeira analogia do dia é a de uma susseção regular: nascimento, crescimento e plenitude. //////// O dia  significa o período de racionalidade. Momento  em que temos afazeres poucos ligados com o inconsciente.///// O artista geralmente cria de noite (concebe, se inspira, tem a idéia). O dia serve para a execução, para arrumar o palco que receberá o show da noite. O dia representa o consciente.

CIDADE: As cidades geralmente são quadradas com vários ângulos de  90 graus. É um símbolo de estabilidade, racionalidade. Segundo a psicanálise contemporânea, a cidade é um símbolo da mãe, com seu duplo aspecto de proteção e limite, tem relação com o princípio feminino. Da mesma forma que a cidade possui seus habitantes, a mulher encerra nela os seus filhos. É a razão por que as Deusas são representadas com uma coroa de muros.

SOL: Símbolo de vida, luz, calor, autoridade, sexo masculino, torna todas as coisas perceptíveis, o que faia link com a numinosidade (nitidês, luminosidade, perceber-se). ////// o Sol vermelho simboliza o sol nascente. Segundo a interpretação de Paul Diel: "O sol iluminador e o céu iluminado simbolizam o intelecto e o superconsciente" nas palvras do autor: "o intelecto corresponde à consciência e o espírito à superconsciência". 

LUA: Correlação com o simbolismo do sol, simboliza a dependência (por não ter luz própria), e o princípio feminino, também símbolo de transformação e crescimento ( por ter várias fases)./////////// Símbolo de rítmos biológicos.////// Símbolo do sonho e do incosciente.///////// 



O U    S E J A, 

Esta mandala simboliza o indivíduo dentro de si que vê na cidade ( no meu caso nova, pois não sou daqui) uma mãe acolhedora sem os ângulos retos da racionalidade (por isso a cidade em formato redondo). Onde o que predomina é a mediação,do equilíbrio entre a sensibilidade e a pragmaticidade, mediação entre luz X sombra, masculino X feminino, superconsciente X subconsciente , yin X yang, pensamento X sentimento, intuição X sensação, água e terra X fogo e ar.... 

BEIJO A TODOS VCS...



terça-feira, 10 de agosto de 2010

Três Formações

(clique na imagem para ampliá-la)
Acrílica sobre tela (50 x 50cm)
Esta fiz para presentear um anjinho que chegou no mundo... Laurinha, filha de minha colega e amiga Gabriela...

Como simbolismo usei a borboleta, a flor de lotus, e o número três.

A BORBOLETA: No Japão é um emblema da mulher; duas borboletas figuram a felicidade conjugal. (neste caso 2 são os pais; mais  1 que é a Laurinha). Sua presença anuncia uma visita. Outro aspecto está ligado à metarmofose. ////// No simbolismo cristão significa a alma liberta de seu invóculo carnal e transformada em benfeitora e bem aventurada. ////// Entre os astecas é o símbolo da alma, ou do sopro vital, que escapa da boca do agonizante.
A psicanálise moderna vê a borboleta como um símbolo de renascimento. Renascimento desta família que nunca mais será a mesma, pois tem uma menininha unindo dois mundos diferentes.

FLOR DE LÓTUS: É símbolo de força, sensualidade, soberania e moralidade, pois é uma flor que nasce bela e delicada em meio à aguas turvas. Como a borboleta,  é figura de perpetuação do nascimento e do renascimento. É, ainda, símbolo do feminino, da geração e da criação. //// A espiritualidade indiana ou budista interpretam a flor num sentido moral: a cor imaculada de lótus abrindo-se intacta por cima da nódua do mundo.

NÚMERO TRÊS: Exprime uma ordem intelectual e espiritual, em Deus, no cosmo ou no Homem.////// O TAO produz um; um produz dois; dois produz três.//// Para os Chineses é o númeroda totalidade, da perfeição e da conclusão; nada lhe pode ser acrescentado.

É Isso.... Beijos para Laurinha e Seja bem-Vinda!!!!!!




terça-feira, 4 de maio de 2010

Bem-Aventurança


Esta mandala simboliza a ascenção do homem à seus objetivos. Quando pitei, me veio a necessidade de pôr imagens nos espaços largos, e sem nenhuma pesquisa prévia, usando somente a mediatação, me vieram estas imagens, quando acabei pensei em botar uma história, mas achei melhor procurar o signifidao de cada cena pintada na iternet e em dicionário de símbolos. E para minha surpresa, todas estavam interrelacionadas. Formando assim, uma própria história.


(clique para ampliar a imagem)

Esta cena retrata uma moça com uma sombrinha na estação de trem.
Trem: simboliza a evolução. Nos sonhos a rede de estrada de ferro vai afirmar-se como Imagem do princípio cósmico impessoal, impondo sua a lei e seu ritmo inexoráveis(inabalável) aos conteúdos psíquicos particulares e autônomos, tais como o Ego e os complesxos. Simboliza também o destino que nos carregam. A estação de embarque, simboliza o ponto de partida para esta evolução das novas atividades materiais, físicas, espirituais.



(clique para ampliar a imagem)



A carroça simboliza sucesso triunfo, superioridade, diplomacia aplicada. Significa a escolha de cada um e suas respectivas defesas. È vitorioso sob si próprio e avança.



(clique para ampliar a imagem)



O barco: Símbolo da travessia. A vida presente é uma navegação perigosa, frágil em meio à um mar imenso, porém esta embarcação cremos que seja segura para que possamos atravessar as tempestades que viram depois da calmaria, calmaria esta que voltará depois da tempestade.


(clique para ampliar a imagem)





Casa e a estrada: simbolizam refúgio temporário, abrigo, onde temos que passar horas de tormenta, lugar que escolhemos para refletir, na figura está fazendo alusão ao templo. Estas não são casas próprias, mas sim abrigos para que posteriormente continuemos nossa caminhada.


(clique para ampliar a imagem)
Estrada Real: Simbliza via direta, a via reta. Está em oposição aos caminhos tortuosos. Essa expressão frequentemente usada no mundo antigo também se aplica à ascenção da alma. A estrada real ainda será interpretada como o caminho que leva à capital do reino.(La voie royale, vie spirituelle).


(clique para ampliar a imagem)
O homem: Concebo o homem como um símbolo e não como um personagem neste contexto: síntese do mundo, modelo reduzido do universo, microcosmo. Ocupa o centro do mundo dos símbolos. Para todo homem seu nascimento e como a criação do mundo e sua morte o fim do mundo.


(clique para ampliar a imagem)



A mulher: o símbolo do feminino está representando o desejo sublimado.

Para Jung o feminino personifica um aspecto do inconsciente denominado anima. A anima é a personificação de todas as tendências psicológicas femininas na psique do homem: humores instáveis, intuições proféticas, sensibilidade ao irracional, inerente capacidade de amar, em suma, as relações com o consciente.
A Rosa: Designa Uma perfeição acabada, uma realização sem defeito. No campo simbólico é muito parecido com o carro, que mostra a afirmação do homem que transita.
A rosa e a mulher simbolizam, então, a sensibilidade para gerar a capacidade de realizar a tarefa mais árdua do humano: Viver.



(clique para ampliar a imagem)
Castelo: simboliza uma construção sólida de difícil acesso, traz a idéia de segurança (parecido com a casa), porém no mais alto grau. Símbolo de proteção, ponto final de todos os desejos. esta em um lugar de difícil acesso: tão inacessível quanto desejável.

A PINTURA FOI FEITA EM TELA COM TINTA ACRÍLICA E MEDE 70 X 70 CM.



 

sexta-feira, 30 de abril de 2010

Related Posts with Thumbnails